Início > howto, Sistema Operacional > Atualizando para Fedora 8 sem DVD

Atualizando para Fedora 8 sem DVD


Recentemente, atualizei o meu Fedora 7 Moonshine para o Fedora 8 e fiz a atualização via imagem .iso que baixei, sem necessidade de gravar uma mídia. Esse roteiro não é nem um pouco original e serve para instalar/atualizar qualquer distribuição Linux a partir de uma imagem .iso. Só será necessário que você já tenha um sistema *nix instalado no computador e o gerenciador de boot GRUB configurado.

Leia e faça cada um dos passo com atenção, copiar e colar não vai dar certo ;D

Após ter feito o download da imagem .iso da distribuição, será necessário montá-la para que o Grub reconheça o formato:

#mkdir /mtn/isoimage
Cria a pasta para guardar a imagem .iso na pasta /mnt. Poderia ser qualquer outro local mas eu prefiro no /mnt

# mount -t iso9660 /coloque o caminho para a/imagem/image.iso /mnt/isoimage/ -o loop
Monta a imagem com o formato iso 9660 – formato de CDs e DVDs especificando onde ela está e usando o loop device, um espaço temporário de montagem para guardar a imagem

#cd /mnt/isoimage
No coments né? :D

Dentro da pasta /mtn/isoimage que criamos antes, certamente teremos a pasta isolinux, que é a imagem da distribuição montada e pronta para ser utilizada.

Copie agora a pasta para o local de instalação, no meu caso, eu copiei ela para uma nova pasta que criei, pois devo informar o caminho completo para a mesma via linha de comando quando for instalar. Seria muito trabalhoso ter que informar um caminho gigante.

#mkdir /tempo

Essa foi a pasta que criei temporariamente para a instalação.

# cp -R isolinux /pasta/que você vai guardar a iso/

Esse comando tem que ser feito dentro da pasta /mnt/isoimage, para que copie todas as pastas recursivamente para o caminho indicado.

Agora desmonte a imagem e apague a pasta:

#umount /mnt/isoimage

#rm -rf /mnt/isoimage

Precisamos copiar a imagem “cru” que baixamos para a mesma pasta onde guardamo a isolinux. Isso para que seja feita a instalação corretamente, a isolinux vai servir para dar o boot e o restante são os arquivos da própria distribuição.

#cp /pasta/onde/tem/a iso original que foi baixada.iso /local/onde/você/guardou/a isolinux

Aguarde..

Depois da cópia, só necessário configurar o grub para que ele encontre a isolinux e dê o boot a partir dela. Adicione essa linha no /etc/grub.conf de acordo com sua partição, vou colocar a minha de exemplo:

title Instalar Fedora 8

root (hd0,0)

Especifique qual partição se encontra a imagem, no meu caso, está na partição 1 do disco master, só tenho 1 HD

kernel /tempo/isolinux/vmlinuz root=LABEL=/

Eu coloquei a isolinux na pasta que eu criei lá atrás, a tempo. Coloque aqui a pasta que você guardou a isolinux junto da iso original

initrd /tempo/isolinux/initrd.img

Aqui é a mesma coisa, somente temos que informar a initrd, que está dentro da pasta isolinux.

Essa foi as linhas que adicionei no final do grub.conf. O resultado final deve conter ainda a linha que informa sua instalação Linux anterior e o caminho para a instalação.

Reinicie o micro e na tela do Grub, já deve aparecer a entrada “Instalar Fedora 8″. Caso não apareça ou uma mensagem de erro apareça informando que não é possível encontrar boot partition, verifique novamente se você inseriu corretamente as informações no grub.conf, o mais comum é errar a partição a ser usada. Confira esta lista:

/dev/sda1——————————–hd0,0 (meu HD é SATA e é master, então tenho que colocar no grub hd0,0

/dev/sda2——————————–hd0,1
/dev/sda3——————————–hd0,2
/dev/sda4——————————–hd0,3
/dev/sda5——————————–hd0,4

/dev/sdb1——————————–hd1,0
/dev/sdb2——————————–hd1,1
/dev/sdb3——————————–hd1,2

Inicie por ela e siga mais estes passos:

  1. Selecione o idioma
  2. Selecione o layout do teclado
  3. Escolha a opção “Instalação via Disco Rígido”
  4. Informe o caminho para a pasta que contém a imagem:

No meu caso é: /tempo/

Só prosseguir com a instalação normalmente. Não sei, mas aqui demorou bem mais para atualizar do que para instalar do zero viu.. a única vantagem é manter os programas e configurações anteriores e obter novos recursos. Essa foi a primeira vez que atualizei o Fedora, então pode ser que não esteja apto a falar sobre isso.

Boa sorte na atualização! Qualquer erro, comentem please, primeira vez que posto um mini how to, então, posso ter “comido” algumas partes ^^


Digg it! Compartilhar no Del.icio.us Adicionar ao Live Favorites Compartilhar no Google Bookmarks Compartilhar no Reddit Compartilhar no Ma.gnolia Compartilhar no Facebook Compartilhar no Technorati Compartilhar no Yahoo MyWeb Stumble It! Compartilhar no rec 6 jump, conteúdo grátis!

About these ads
  1. Marcia
    fevereiro 6, 2008 às 1:11 pm

    Tenho uma duvida. Estou instalando o Fedora em cima do Fenix. quando vc fala do arquivo grub.conf. procurei em todos os diretorios, e não encontrei esse arquivo. Alguma dica???

    Obrigada!!!

  2. fevereiro 7, 2008 às 5:16 pm

    Marcia, não conheço o Fenix Linux então não posso te dar uma dica específica e direta. Acredito que vc não está encontrando o grub talvez porque ele não se encontra instalado.

    Tente executar o comando grub-install dentro do terminal como usuário root, para que ele seja instalado no disco rígido. Este comando por padrão fará com que ele seja gravado na pasta raiz (apenas /) e assim criando o arquivo grub.conf.

    Espero ter ajudado, qualquer dúvida entre em contato novamente.

  1. novembro 18, 2008 às 6:46 pm

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

%d blogueiros gostam disto: